SINDICONTAS/PR »
PEC 32

Notícias

Imagem

O senhor das chantagens

  • 04 de novembro de 2021

Matéria original / Imagem: Facebook/ Reforma Administrativa Não

Paulo Guedes vem associando o programa Auxílio Brasil às suas reformas impopulares, chantageando o povo para criá-lo, além de acabar com o Bolsa-Família. Primeiro, o Ministro disse que o programa seria pago com a PEC do ICMS. Como um cego perdido em tiroteio, passou a dizer que esse auxílio (que é R$ 200,00 menor que o antigo Auxílio Emergencial) só seria possível com a aprovação da PEC dos Precatórios. E como se não bastasse, chegou a dizer que o Auxílio Brasil só seria viável caso a Reforma Administrativa fosse aprovada.              

Mas a Reforma Administrativa vai gerar economia aos cofres públicos? Não, não há estudos que comprovem! Como é de praxe do Sinistro da Economia, esta afirmação não passa de uma retórica de chantagem. Paulo Guedes foi convidado duas vezes à CCJ da Câmara para apresentar os estudos que demonstrariam essa “economia”, mas como eles não existem, nunca os apresentou. Vale lembrar que a PEC 32 não inclui os maiores salários do serviço público em seu texto, como juízes e militares, além de expor os recursos públicos à corrupção.    

A política de distribuição de renda não pode ser associada ao sucateamento dos serviços públicos e tampouco ser relâmpago com a duração de um ano, como é o caso do Auxílio Brasil.

 

   
  Compartilhar no WhatsApp  

Comente esta Notícia

código captcha
Assédio Moral
Fórum

Assembléia Online

Participe da democracia da qual o nosso Sindicato é feito.

Abaixo-assinados

Proponha e assine abaixo-assinados por melhorias na sua condição de trabalho.

Biblioteca do Servidor TC-PR

Sugira e confira os livros indicados para os servidores do TC lerem.

Estudos Técnicos

Acesse os estudos realizados pela nossa diretoria e pelos nossos associados.

Documentos

Acesse balancetes, cartas, acordos e demais documentos do nosso Sindicato.

Plano de Saúde e Previdência

Obtenha todas as informações necessárias para garantir a sua qualidade de vida.