SINDICONTAS/PR »
PEC 32

Notícias

Imagem

Caminhada na Esplanada dos Ministérios reforça pressão contra reforma administrativa

  • 07 de outubro de 2021

Matéria original: https://cutt.ly/MENGaZb

Servidores públicos municipais, estaduais e federais, junto com estudantes, fizeram nesta quarta-feira (6) mais um dia de luta em Brasília, com o objetivo de pressionar parlamentares a votarem contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 32/2020.

A chamada reforma administrativa de Bolsonaro e do ministro, Paulo Guedes, pretende causar o desmonte nos serviços públicos no Brasil.

De acordo com o secretário de Relações Internacionais da CNTE e vice-presidente mundial da Internacional da Educação, Roberto Leão, os servidores públicos estão nas ruas defendendo o direito de todos os cidadãos.

Serviços públicos interessam a toda a população

"Os servidores públicos estão lutando pelos interesses de toda a população que poderá, a partir da PEC 32, ficar sem escola pública, sem o SUS, sem as políticas públicas tão essenciais ao povo brasileiro", assegura.

Se aprovada, essa proposta irá afetar os futuros servidores públicos e também os atuas das três esferas. O secretário de assuntos municipais da CNTE, Cleiton Silva, alerta justamente sobre os profissionais que estão na ponta. "É o município que está no SUS, é o município que está na creche. A população mais carente, que recebe esse tipo de serviço, vai estar à míngua", ressalta.

Servidores públicos municipais, estaduais e federais, junto com estudantes, fizeram nesta quarta-feira (6) mais um dia de luta em Brasília, com o objetivo de pressionar parlamentares a votarem contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 32/2020.

A chamada reforma administrativa de Bolsonaro e do ministro, Paulo Guedes, pretende causar o desmonte nos serviços públicos no Brasil.

De acordo com o secretário de Relações Internacionais da CNTE e vice-presidente mundial da Internacional da Educação, Roberto Leão, os servidores públicos estão nas ruas defendendo o direito de todos os cidadãos.

Serviços públicos interessam a toda a população

"Os servidores públicos estão lutando pelos interesses de toda a população que poderá, a partir da PEC 32, ficar sem escola pública, sem o SUS, sem as políticas públicas tão essenciais ao povo brasileiro", assegura.

Se aprovada, essa proposta irá afetar os futuros servidores públicos e também os atuas das três esferas. O secretário de assuntos municipais da CNTE, Cleiton Silva, alerta justamente sobre os profissionais que estão na ponta. "É o município que está no SUS, é o município que está na creche. A população mais carente, que recebe esse tipo de serviço, vai estar à míngua", ressalta.

De olho na estratégia do governo

O presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP-AL), disse que colocará a PEC 32 em votação no plenário após o feriado do dia 12 de outubro.

"O governo está protelando a votação porque não tem os 308 votos necessários para aprovar a PEC 32", explica a secretária de organização da CNTE, Marilda Araújo.

A secretária de formação da CNTE, Marta Vanelli, reitera a importância de a população estar nas ruas e nas redes protestando contra a PEC 32. "Estamos aqui hoje nesse processo de mobilização e resistência, e estaremos aqui tantas vezes forem necessárias!", conclui.

 

 

   
  Compartilhar no WhatsApp  

Comente esta Notícia

código captcha
Assédio Moral
Fórum

Assembléia Online

Participe da democracia da qual o nosso Sindicato é feito.

Abaixo-assinados

Proponha e assine abaixo-assinados por melhorias na sua condição de trabalho.

Biblioteca do Servidor TC-PR

Sugira e confira os livros indicados para os servidores do TC lerem.

Estudos Técnicos

Acesse os estudos realizados pela nossa diretoria e pelos nossos associados.

Documentos

Acesse balancetes, cartas, acordos e demais documentos do nosso Sindicato.

Plano de Saúde e Previdência

Obtenha todas as informações necessárias para garantir a sua qualidade de vida.