SINDICONTAS/PR »
PEC 32

Notícias

Funcionalismo | Paraná propõe criação de previdência complementar para servidores do estado

  • 17 de setembro de 2021
Por Roger Pereira 15/09/2021 19:45
 
Chegou nesta semana à Assembleia Legislativa do Paraná mensagem do governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) com anteprojeto de lei que institui o Regime de Previdência Complementar para os servidores públicos do estado. Pelo projeto, o governo quer limitar o benefício pago pela Paranaprevidência aos aposentados e pensionistas do estado ao teto da Previdência Social (INSS), que hoje está em R$ 6,4 mil. Assim, para ter direito a uma aposentadoria maior o servidor teria que contribuir à previdência complementar.
 
Dessa maneira, o servidor público que recebe salário acima deste teto contribuirá para a Paranaprevidência com 14% sobre o teto, garantindo o benefício de R$ 6,4 mil na aposentadoria e, se quiser aumentar o valor de sua aposentadoria, precisará contribuir para a previdência complementar. O projeto prevê contrapartida do Estado ao plano de previdência complementar do servidor, em até 8,5% do valor que o funcionário recebe acima do teto, desde que o servidor contribua, pelo menos, com o mesmo porcentual.
 
O projeto de lei autoriza o estado a contratar um plano de benefícios administrado por entidade fechada ou aberta de previdência complementar já existente no mercado, bem como criar seu próprio fundo. “A partir da comprovação de sua viabilidade econômica e do cumprimento dos demais requisitos normativos junto ao órgão de fiscalização das Entidades Fechadas de Previdência Complementar, o Estado do Paraná priorizará a criação de entidade própria, assegurada a portabilidade aos beneficiários que tenham contratado planos administrados por outra EFPC com a qual o Estado tenha firmado convênio anteriormente, nos termos da legislação federal”, diz o projeto.
 
O novo regime será o único disponível para servidores que entrarem a partir da publicação da nova lei. Para servidores que já atuam no Poder Público, o projeto prevê um programa de incentivo à migração para o novo sistema. No prazo de um ano, o servidor que trocar se regime receberá um aporte (que poderá chegar a R$ 741 mil) em seu fundo previdenciário, proporcional à sua remuneração, ao tempo de trabalho e às contribuições já feitas ao Paranaprevidência, benefício que servirá como um aporte inicial para montar a “carteira” do beneficiário, o saldo ao qual ele terá acesso na aposentadoria e que lhe garantirá os benefícios mensais.
 
O governo estima o impacto financeiro do projeto em R$ 15,3 milhões, sendo R$ 7,5 milhões para o pagamento desta antecipação de benefícios e R$ 7,8 milhões para o custeio da implementação do novo regime. Os valores já estão previstos no Orçamento deste ano.
 
“O Estado do Paraná encontra-se em déficit previdenciário, existindo um descasamento no fluxo de receitas e despesas previsto para as duas próximas décadas, criando um custo de transição muito elevado, colocando as finanças estaduais em extrema dificuldade. Neste sentido, a instituição de um regime de previdência complementar limita os riscos futuros do modelo atual de repartição ao estabelecer o teto do INSS para o RPPS [Regime Próprio de Previdência Social], reduzindo as despesas porvindouras do RPPS e impactando positivamente as finanças do Tesouro Estadual no médio e longo prazo”, sustenta o governador na justificativa do projeto.
 
 
Copyright ©️ 2021, Gazeta do Povo. Todos os direitos reservados.
   
  Compartilhar no WhatsApp  

Comente esta Notícia

código captcha
Assédio Moral
Fórum

Assembléia Online

Participe da democracia da qual o nosso Sindicato é feito.

Abaixo-assinados

Proponha e assine abaixo-assinados por melhorias na sua condição de trabalho.

Biblioteca do Servidor TC-PR

Sugira e confira os livros indicados para os servidores do TC lerem.

Estudos Técnicos

Acesse os estudos realizados pela nossa diretoria e pelos nossos associados.

Documentos

Acesse balancetes, cartas, acordos e demais documentos do nosso Sindicato.

Plano de Saúde e Previdência

Obtenha todas as informações necessárias para garantir a sua qualidade de vida.